Sem limites: NASA confirma que Tom Cruise gravará filme no espaço!

Sem limites NASA confirma que Tom Cruise gravará filme no espaço

Wow, parceria com Elon Musk. Produção será gravada em Estação Espacial.

A notícia caiu como um foguete brasileiro, e a princípio todo mundo desdenhou, afinal de contas, um filme no espaço, filmado lá em cima com Tom Cruise em pessoa? Com certeza uma missão impossível, a NASA jamais aprovaria, etc, etc, mas quando Jim Bridenstine confirmou, a ficha caiu.

Na tarde da última terça-feira, 5 de maio, o Deadline havia noticiado com exclusividade que o astro Tom Cruise estaria com planos para um novo filme bastante inovador: as filmagens seriam realizadas em uma estação especial de verdade!

Primeiro filme gravado no espaço sideral

Sem limites: NASA confirma que Tom Cruise gravará filme no espaço!

O projeto, em parceria com a SpaceX, empresa de sistemas aeroespaciais de Elon Musk, ainda não teria sido apadrinhado por um estúdio ou produtora. Logo depois da veiculação da notícia, a NASA, através da conta de seu administrador Jim Bridenstine, confirmou o projeto:

“A NASA está empolgada para trabalhar com Tom Cruise em um filme abordo da Estação Espacial! Nós precisamos da mídia popular para inspirarmos uma nova geração de engenheiros e cientistas, para que eles transformem os ambiciosos planos da NASA em realidade” – anunciou Jim, via, twitter.

Tom Cruise, astro da franquia “Missão: Impossível” hoje com 57 anos, é conhecido por seus filmes ousados e por gravar suas próprias cenas de ação.

Ele pilotou caças no iminente “Top Gun: Maverick”, dependurou-se do lado de fora de um avião decolando em “Missão: Impossível – Nação Secreta” (2015) e escalou o arranha-céu Burj Khalifa de Dubai – o edifício mais alto do mundo – em “Missão: Impossível – Protocolo Fantasma” (2011).

Um custo Astronômico

Sem limites: NASA confirma que Tom Cruise gravará filme no espaço!

Imaginando uma equipe mínima, Tom Cruise e um diretor/cameraman são dois lugares. A NASA paga aos russos US$86 milhões por assento numa Soyuz. Como Tom e o Diretor irão em uma Dragon Crew da SpaceX, o valor é mais em conta, mas não muito. A estimativa é que cada viagem custe US$55 milhões por pessoa. Só aí temos US$110 milhões. 

O preço estimado por lançamento pode chegar a US$160 milhões, se colocarmos no pacote o foguete, a cápsula, sete astronautas e as barrinhas de cereal. O custo de permanência na Estação Espacial internacional por pessoa é de US$312.500,00. POR HORA.

Se Tom e o Diretor ficarem 10 dias na ISS, o que costuma ser a permanência mínima quando fazem troca de tripulação, isso significa mais US$150 milhões na conta do tal filme. US$260 milhões e só temos algumas dezenas de horas de imagens.

Acredito que o Tom Cruise fazer um filme no espaço não é um capricho de uma estrelinha de Hollywood que quer toalhas coloridas e frutas frescas no camarim. Ir ao espaço é uma atividade extremamente perigosa que exige toneladas de dinheiro e muito investimento emocional e profissional. É claramente um sonho de um sujeito que passou a vida inteira se superando -Tom tirou brevê de piloto comercial- e que agora quer ir além, audaciosamente aonde nenhum ator jamais esteve.

Inspiração e Esperança

Esse filme será muito bem-vindo. Não pelo ineditismo em si, mas por sua capacidade de maravilhar e inspirar uma nova geração. Vivemos tempos obscuros, aonde jornais de grande circulação entrevistam astrólogas para falar sobre pandemias, aonde líderes religiosos criticam nossa “dependência da ciência”.

“Precisamos que a mídia popular inspire uma nova geração de engenheiros e cientistas para transformar os planos ambiciosos da @NASA em realidade”, acrescentou Bridenstine.

Precisamos de heróis, precisamos de exemplos. Tom Cruise promovendo interesse pela ciência, dando continuidade ao trabalho de Matt Damon em Perdido em Marte é essencial. Nós só vamos sobreviver como espécie, só temos esperança de curar doenças, eliminar a fome e a pobreza, se identificarmos e desenvolvermos ao máximo o potencial de cada um.

Há duas opções: Você pode se esconder no reino das trevas da ignorância, do medo e da superstição, achando que cada raio é uma ameaça e cada percalço um castigo, ou pode fazer parte do Reino da Ciência, aonde aprendemos, erramos, aprendemos com os erros e melhoramos. É a escolha de cada um.

Acompanhe todas as atualizações do Universo Nerd em facebooktwitter e instagram. Loja Virtual: Nerd X

Please Post Your Comments & Reviews

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *